Notícias CixSigma


Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2015
Ebba planeja mudanças na fábrica de Araguari
Anúncio será feito até junho

Noticias *Planta da Ebba em Minas Gerais, a maior do grupo, é capaz de fabricar, mensalmente, 25 milhões de litros de sucos*

A Empresa Brasileira de Bebidas e Alimentos S/A (Ebba), adquirida em julho deste ano pelo fabricante britânico de refrigerantes Britivic, deve implementar mudanças na fábrica mineira instalada em Araguari, na região do Triângulo. ¨Logo no primeiro semestre de 2016, uma grande novidade deve ser anunciada¨, adianta o diretor industrial, Gustavo Gonçalves.


A Ebba foi constituída em 2009, com a uniãodas marcas Maguary e Dafruta, que mantinham fábricas no município mineiro. Desde então, a antiga unidade industrial da Maguary, que tem cerca de 35 mil metros quadrados de terreno e 20 mil metros quadrados de área construída, abriga o processo produtivo. Ela é capaz de fabricar, mensalmente, 25 milhoes de litros e suco, sendo a maior planta da companhia em capacidade produtiva.


Neste ano, o uso da capacidade instalada variou entre 60% e 70%, segundo Gonçalves. A expectativa é de que, ao longo dos últimos três meses do ano, época tradicionalmente mais rentável para empresa, o índice cresça e alcance 80%. ¨Os resultados deste ano, em  termos de volume, devem ser muito parecidos com os de 2014. Caso haja queda, será pouco significativa¨, acrescenta o diretor.


Ele ressalta qua a fábrica recebe investimentos constantes. Nos últimos quatro anos, entre 2012 e 2015,  a adoção de novos maquinários e processos permitiram ampliação de 20% da capacidade produtiva. O valor aportado, contudo, é mantido em sigilo. A outra fábrica em Araguari, que até 2009 pertencia à Dafruta, tem área construida de 9 mil metros quadrados. Ela, atualmente, é utilizada para o armazenamento de matérias-primas e embalagens. As duas plantas de Araguari empregam aproximadamente 380 funcionários diretos. 


A fábrica de Minas Gerais é responsável por abastecer todas as regiões do País, exceto Norte e Nordeste, que são atendidas pela planta instalada em Aracati, município do interior do Ceará. Minas Gerais é o segundo estado brasileiro mais relevante para os negócios da empresa, atrás somente de São Paulo, sendo responsavel por gerar cerca de 15% do faturamento da Ebba, que ano passado foi de R$631,8 milhões.


De acordo com o diretor comercial, Fábio Levalessi, Belo Horizonte, municípios do entorno e o Triângulo são as localidades mais representativas, por concentrarem 70% das vendas. Entretanto, um projeto iniciado em 2013 prevê maior disseminação dos produtos em outras regiões do Estado, por meio do estabelecimento de parcerias com distribuidores e atacadistas.


Entre os 180 produtos da companhia encontrados no Estado, os mais demandados são os sucos concentrados. ¨O concentrado tem uma relação custo e benefício muito atrativa. Mas, ao mesmo tempo, estamos crescendo muito na categoria de sucos prontos, o que demonstra o quanto o mineiro, apesar da fama de conservador, é receptivo a inovação¨, avalia ele.


Crise - Para enfrentar a crise em 2015, a empresa apostou em duas principais frentes de trabalho: inovação e lançamento de produtos. Levalessi estima que, entre categorias e embalagens, 30 produtos tenham sido lançados ao longo deste exercício. ¨As novidades despertam o interesse e motivam o cliente a comprar, mesmo em épocas menos favoráveis ao consumo¨, complementa.


O diretor comercial, por enquanto, prefere não revelar as perspectivas de crescimento do faturamento projetadas para este ano na comparação com o anterior. ¨Estamos em um período importante, então ainda é difícil fazer estimativas¨, pondera. Ele também é otimista em relação ao bom desempenho em 2016. ¨Com a consolidação dos lançamentos e ampliação da estrutura, esperamos colher frutos no próximo ano¨, revela o diretor.


 


Fonte: Diário do Comércio








Todos os direitos reservados a CixSigma.